Investimentos de mais de R$ 1,2 trilhão no setor de petróleo e gás

Publicada em 21/03/2018 - 15:43


 


 

O secretário Márcio Félix Bezerra, responsável pelas áreas de petróleo, gás natural e biocombustíveis no Ministério de Minas e Energia, estimou investimentos que podem chegar a R$ 1,28 trilhão com novos projetos para os três segmentos até 2030. A notícia foi publicada no jornal Valor Econômico desta quarta-feira (21).

Entre os destaques apontados por Félix e que podem sair do papel ainda este ano estão o “megaleilão” de petróleo e o anúncio de uma nova refinaria privada – disputada entre Maranhão e Ceará, com previsão orçamentária de R$ 15 bilhões, com capacidade de processamento entre 200 e 250 mil barris de petróleo por dia.

Ele ainda antecipou que em uma reunião hoje (21), do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), deve ser aprovada uma série de medidas para o estímulo à atração de investimento em refino, como, por exemplo, a permissão de funcionamento de refinaria dentro da mesma área de uma zona de processamento de exportação (ZPE).

Na entrevista, o secretário ressaltou também que dentre as prioridades do ministério para 2018 estão a definição de metas do RenovaBio e o novo marco regulatório do gás natural. “O governo vê a possibilidade de triplicar a produção de gás nos próximos 10 anos, mas acredita que uma nova legislação é fundamental”, diz a matéria.

Com informações jornal Valor Econômico